Sinimbu terá Polo de Academia de Saúde pública aos seus usuários do Sus


Publicado em 09/01/2019 Gabinete do Prefeito Secretaria da Saúde e Bem Estar Social Fonte: Aline Haag


A Secretaria Municipal de Saúde de Sinimbu cadastrou o município para mais um serviço de saúde a comunidade. Sinimbu será contemplado com o projeto de um Polo de Academia da Saúde na modalidade intermediária, ou seja, uma Academia de Saúde com prestação de serviços em saúde.

Conforme a secretária de Saúde de Sinimbu, Sinara Dhiel, o projeto se justifica pelo crescente aumento das doenças crônicas não transmissíveis, como diabetes, doenças do sistema circulatório, doenças respiratórias crônicas e neoplasias, que tem como fator desencadeador entre outras o sedentarismo e a obesidade. “É uma estratégia de promoção da saúde e produção do cuidado que funciona com a implantação de espaços públicos conhecidos como polos do Programa Academia da Saúde. Esses polos são dotados de infraestrutura, equipamentos e profissionais qualificados. Como ponto de atenção no território, complementam o cuidado integral e fortalece as ações de promoção da saúde em articulação com outros programas e ações de saúde como a Estratégia Saúde da Família, os Núcleos Ampliados de Saúde da Família e a Vigilância em Saúde”, destaca a secretária.

O programa Academia da Saúde, foi lançado em 2011, e renovado pela Portaria GM nº 3.582, de 6 de novembro de 2018, que dispõe sobre a aplicação de recursos aprovados pela Lei 13.568, de 7 de maio de 2018,com a finalidade de permitir a Estruturação de Academias da Saúde. As atividades serão desenvolvidas no polo por profissionais do Programa, como educador físico, e serão potencializadas pelos profissionais do NASF, da Estratégia de Saúde da Família e das Unidades Básicas de Saúde, de acordo com os seguintes eixos: Práticas corporais e atividades físicas; Produção do cuidado e de modos de vida saudáveis; Promoção da alimentação saudável; Práticas integrativas e complementares; Práticas artísticas e culturais; Educação em Saúde; Planejamento e Gestão; e Mobilização da comunidade.

O projeto já teve aprovação da Comissão Intergestores Bipartite – 522/18 - CIB/RS e foi habilitado pela portaria do Ministério da Saúde. Nesse momento, o município aguarda a entrada do recurso para iniciar as obras e disponibilizar mais esse serviço à comunidade.

A Academia deve ser construída em terreno do município no centro do município e estará disponível para os usuários de todos os serviços de saúde. A obra terá 263,20 metros quadrados e o município terá o valor de Repasse de R$ 125 mil.

PrefeituraSinimbu