Sinimbu é contemplado com recursos da Lei Pelé


Publicado em 09/10/2017 Gabinete do Prefeito Secretaria de Educação Cultura e Turismo Secretaria da Saúde e Bem Estar Social Fonte: Aline Haag

Município receberá mais de R$ 19 mil para a implantação de uma nova academia na praça do Monumento ao Imigrante.


O município de Sinimbu, através da Secretaria de Educação, Cultura e Turismo, cadastrou diversos projetos na Sedactel para o recebimento de recursos através da Lei Pelé. Na semana passada, veio a confirmação de que o projeto que prevê a implantação de uma nova academia de saúde, inclusive com equipamentos adaptados para cadeirantes, foi aprovado, sendo que através desse projeto o município receberá mais de R$ 19 mil.

O edital 05/2017 da Sedactel disponibilizou, através da Lei Pelé, R$ 3.800.000,00 para a implantação de projetos esportivos, de lazer e saúde. Segundo os redatores dos projetos encaminhados por Sinimbu, Felix Weis e Lucas Hinterholz, o município teve dois projetos aprovados, sendo que um deles para implantação imediata e o outro como suplente, ou seja, se sobrarem recursos da Lei Pelé.

Ainda de acordo Felix e Lucas, o projeto de implantação imediata prevê a construção de uma academia ao ar livre na praça do Monumento ao Imigrante, no centro de Sinimbu. “Essa academia deve ter inclusive equipamentos adaptados para cadeirantes”, destacam. “A ideia é implantar a nova academia no centro e usar os equipamentos que hoje existem no local em outro ponto, podendo ser inclusive no interior do município. Esse local deve ser definido ainda”, frisa Felix.

O projeto tem custo total de R$ 22.203,00, sendo que desse total, R$ 19.982,70 serão repassados pela Lei Pelé. O restante do valor – R$ 2.220,30 – será de contrapartida do município.

No total, 394 municípios se inscreveram na seleção de projetos, sendo que cada um podia inscrever quatro projetos. “Com certeza, vencemos, no mínimo, outros 1 mil projetos. É mais uma conquista para Sinimbu”, finaliza Lucas.

PrefeituraSinimbu
Atual academia dará espaço a equipamentos novos, inclusive adaptados para cadeirantes. (Aline Haag)